Menu
Detalhe da notícia
Detalhe da notícia
Liga: Braga vence no Dragão e atrasa FC do Porto na corrida ao título
2020-01-17 20:09:00 - Francisco Bacelar
Liga: Braga vence no Dragão e atrasa FC do Porto na corrida ao título
No dia em que precisava de vencer para manter distância, ou até encurtar caso o Benfica não lograsse vencer em Alvalade, o FC do Porto não foi capaz de evitar a derrota perante um sensacional SC de Braga, mesmo após a mudança de treinador.

Para vencer é preciso marcar e foi isso que o SC de Braga começou por fazer adiantando-se no marcador logo aos 5 minutos por Fransérgio, no aproveitamento de uma bola solta no interior da área da casa. O golo fez abanar o FC do Porto que só a partir dos 20 minutos lograria começar a responder à altura dos seus pergaminhos, sem contudo chegar ao empate apesar de ter beneficiado de uma grande penalidade que Alex Telles atirou a meia altura, mas Matheus evitou com a perna, já quase batido.

Na metade complementar assistiu-se a à pressão dos Dragões, sem contudo se aproximar da baliza adversária com o perigo necessário para marcar. Não obstante beneficiou de uma segunda oportunidade na marca de penalty, no entanto, desta feita Soares, atirou forte, mas colocado em demasia fazendo a bola embater no poste esquerda da baliza do Braga. Perdeu essa oportunidade, mas aproveitou logo a seguinte a cruzamento de Marega, fazendo vibrar as bancadas que nessa altura queriam acreditar ainda ser possível a viragem no resultado.

Só que o Braga também tinha os seus argumentos, e novamente na sequência de um canto, apareceu Paulinho a fazer um desvio subtil ao primeiro poste fazendo a bola entrar na baliza de um impotente Marchesin.

Estava o Braga, de novo em vantagem que soube segurar até final, apesar do esforço dos Dragões, que a essa altura jogavam mais com o relógio e coração que com o engenho e arte para chegar ao golo.

Curiosamente foram os primeiros dois golos desta época sofridos em casa, depois de já ter marcado 18, mas terão sido os mais duros de aceitar pela derrota e atraso na corrida ao título em que já estava em desvantagem e assim vêem agravada.

Para Rúben Amorim, treinador do Braga, a vitória foi merecida embora reconhecesse que a sua equipa foi feliz em alguns momentos do jogo, nomeadamente nos dois penaltys evitados.

Para Sérgio Conceição,  “… o SC de Braga chega à baliza num lance surgido do nada e faz o golo. A partir dos 20 minutos merecíamos ir para o intervalo com outro resultado. Iniciamos a segunda parte muito fortes, talvez o melhor Porto no Dragão, e conseguimos fazer o empate, mas num outro canto o Braga fez o segundo. Foi um jogo muito infeliz da nossa parte enquanto a estrelinha a brilhava para o SC de Braga. Há muitos pontos em disputa e tenho um grupo que acredita sempre que é possível. Ninguém atira a toalha ao chão. Estamos mais tristes e revoltados talvez tanto como a própria bancada. Quando as coisas correm bem é fácil, toda a gente dá abraços, toda a gente é amigo, mas hoje não foi assim”, terminando assim a conferência de imprensa.

Topo
Ir para maiahoje.pt
Pesquisar
© 2012 Maia Hoje - Portugal Interactivo